Conheça as fotografias da ESO o Observatório Europeu do Sul

0
225
ESO, o Observatório Europeu do Sul, é a principal organização intergovernamental de astronomia da Europa e observatório astronômico mais produtivo do mundo. O ESO oferece as melhores instalações de pesquisa para os astrônomos e é apoiada pela Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, República Checa, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Itália, Países Baixos, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido. Vários outros países manifestaram interesse em aderir ao projeto. Esses países contribuem com mais de 131 milhões de euros para financiar pesquisas e cerca de 730 funcionários.
A sede do ESO está localizada em Garching, perto de Munique (Alemanha), com um centro em Santiago no Chile, e mais 3 locais de observação: La Silla, Paranal e Chajnantor.

 

1 – The Dumbbell Nebula

A Nebulosa de Eta Carinae (NGC 3372) é uma grande nebulosa brilhante, que rodeia vários aglomerados abertos de estrelas. Entre essas estrelas encontram-se Eta Carinae e HD 93129A, que são duas das mais maciças e luminosas estrelas da Via Láctea. A nebulosa encontra-se a uma distância de 6 500 e 10 000 anos-luz da Terra. Está localizada na constelação de Carina. A nebulosa contém, múltiplas estrelas de tipo O.

 

2 – Galaxia Messier

Messier 87 situa-se no centro do aglomerado de galáxias da Virgem. Trata-se de uma enorme bola de estrelas com um massa total de mais de um trilhão de vezes a do Sol, localizada a cerca de 50 milhões de anos-luz de distância.

 

3 – N44 na Grande Nuvem de Magalhães

Zona sul da espetacular região H II na Grande Nuvem de Magalhães, N44. A cor verde indica áreas que se encontram particularmente quentes. O campo mede 27,5 X 26,5 minutos de arco quadrados. O Norte está para cima e o Este está para a esquerda.

 

4 – Impressão artística do EELT

European Extremely Large Telescope (E-ELT) é um telescópio extremamente grande projetado para obter imagens da faixa de ótica / infravermelho e será construído pelo ESO no topo de uma montanha em Cerro Armazones , Chile . O projeto compreende em um telescópio refletor com um metro de diâmetro e 39,3 segmentado em espelho primário e será apoiado por óptica adaptativa e vários instrumentos. Em 11 de junho de 2012, o Conselho do ESO aprovou o programa E-ELT para começar a construção do telescópio, enquanto se aguarda acordo com os governos de alguns Estados-membros. Espera-se permitir que os astrônomos investiguem os estágios iniciais da formação de sistemas planetários e detectem água e moléculas orgânicas em discos proto-planetários em torno de estrelas em formação.

5 – Mystic Mountain

A Montanha Mística (Mystic Mountain) é a imagem de um pilar de poeira e gás na Nebulosa Carina tirada pelo Telescópio Espacial Hubble em seu vigésimo aniversário. Esta área foi observada em fevereiro de 2010. O pilar mede 3 anos-luz de altura, estrelas nascendo dentro do pilar emitem jatos de gás, que escapam pelo picos.
Credit: NASA, ESA, M. Livio and the Hubble 20th Anniversary Team (STScI)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here