Estilo Industrial é urbano e atual, opção perfeita para quem gosta de personalidade e simplicidade quando se trata de decoração.  

Madeira de demolição, paredes sem acabamento, pisos de cimento, referências ao passado são alguns dos elementos que caracterizam esse estilo.

Origem do Estilo Industrial 

Criado entre as décadas de 1950 e 1970, em Nova York, o Estilo Industrial se tornou popular quando antigos galpões e prédios comerciais passaram a servir como moradias, os conhecidos lofts residenciais, já que eram baratos e acomodavam uma grande quantidade de pessoas.  

Atualmente, a aparência “crua” e a sobriedade do industrial também podem acompanhar e combinar perfeitamente com os estilos vintage e o rústico. 

O estilo vintage, com elementos coloridos (tons pastel) e móveis em madeira natural, aquece os ambientes. Já o rústico tem como finalidade reforçar mais o estilo, logo, procure colocar mobiliários antigos e desgastados, e dê preferência aos tons metálicos.  

Características do Estilo Industrial

Além das características citadas acima, também podemos identificar uma decoração no estilo industrial ao notar os seguintes elementos:  

– Ambientes integrados e amplos; 

– Janelas amplas; 

– Superfícies sem acabamento; 

– Móveis metálicos e/ou de madeira de demolição; 

– Fios expostos, tubulações a mostra e vigas aparentes; 

– Tons terrosos e cores neutras; 

– Móveis antigos reformados; 

– Arte urbana (grafite). 

 

Como aplicar o Estilo Industrial na decoração, sem que os ambientes fiquem com a aparência de um depósito?

Apesar de uma das características do Estilo Industrial ser justamente as paredes sem acabamento, você não precisa necessariamente deixá-las assim. Ou mesmo manter as estruturas à mostra, da mesma maneira que os espaços não precisam se assemelhar com lofts.   

É possível criar um espaço no estilo industrial somente com móveis e acessórios decorativos, contanto que sejam pensados e colocados em harmonia, para que o projeto aparente ser antiquado, pesado e sujo.  

O segredo é conseguir equilibrar todos os elementos.  

Itens metálicos (preferencialmente de cobre), como bancos e luminárias, são excelentes alternativas para criar uma atmosfera agradável e com toques industriais.  

10 passos para aplicar o estilo industrial

1 – Concreto e Tijolo

estilo industrial

Estilo Industrial baseia-se muito nos aspectos primários das construções, como paredes que ficam expostas sem acabamento e pisos de tijolos e cimento.  

O acabamento deve sempre equilibrar a solidez das estruturas e assim proporcionar conforto aos ambientes. Portanto, prefira materiais naturais como a madeira e tecidos macios como o algodão e a lã, por exemplo. 

 2 – Espaços amplos 

Espaços amplos

Os ambientes dos lofts, que possuem a estrutura semelhante aos galpões industriais, são projetados para integrar os espaços de convivência, tornando-os amplos e funcionais. Além de possuir muito charme. Não há paredes. Sala, copa e cozinha se incorporam em um único espaço. 

 3 – Encanamentos e vigas aparentes

Outros elementos que compõem a aparência “crua” do Estilo Industrial são os encanamentos e vigas aparentes, principalmente se forem metalizados. 

Quando colocados em evidência, dão automaticamente uma atmosfera urbana e moderna a decoração.  

A dica aqui é equilibrar o peso dos metais expostos harmonizando aos ambientes com acessórios descontraídos e cores vibrantes. 

 4 – Portas e janelas largas 

Estilo Industrial

As portas rústicas e as janelas largas de vidro e ferro são detalhes que fazem parte das estruturas industriais.  

As portas dão versatilidade aos cômodos, proporcionando mais espaço ou oferecendo privacidade. As janelas aproveitam-se da iluminação natural. 

 5 – ‘Dois em um’ 

‘Dois em um’

Otimização de espaço é algo que aparece muito nas decorações do estilo industrial. Os ambientes, além de se fundirem, também acumulam funções.  

Por exemplo: uma sala pode se transformar em quarto ao anoitecer. Ou a cozinha e sala de jantar ocupam o mesmo ambiente.   

 6 – Acessórios decorativos 

Se você quer incorporar o industrial na sua casa, mas não está disposto a alterar a estrutura, a alternativa é fazer incluir acessórios decorativos.  

Bancos e itens de metal, móveis antigos ou com acabamento em materiais rudimentares são opções interessantes que você pode utilizar. 

Assim como uma combinação despojada de cores neutras com tons mais vibrantes. Ou papéis de parede ou pintura que imitam o efeito de tijolos ou concreto exposto. 

7 – Elementos decorativos 

Elementos decorativos 

A arte de rua está muito relacionada ao estilo industrial. Quer dar um toque a mais no seu ambiente? Utilize artes de graffiti nas paredes e peças gráficas de amplas dimensões.  

 8 – Iluminação 

Iluminação 

Caso o ambiente não apresente janelas ou elas sejam escassas, é importante investir em bastante iluminação artificial.  

Por isso, aposte em luminárias de cobre ou acabamento rústico no teto e também no chão.  

 9 – Móveis reciclados 

estilo industrial dá a liberdade de reciclar e reutilizar objetos e móveis na decoração. Portanto, ponha a criatividade para funcionar.  

10 – Cores 

A paleta de cores do estilo industrial não é muito variada. Geralmente, a escala é definida entre os tons de cinza, preto e marrom.   

Ainda que a paleta possa ser combinada com elementos de outras cores (tons pastéis ou vibrantes), as cores mais neutras devem predominar. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here