Conheça as 7 principais características da Land Art

Uma seleção com o melhor da Land Art internacional.

0
419
Gerry Barry

A “Land Art” (em inglês “Earth Art” ou “Earthwork”) surge a partir da fusão e integração da natureza e da arte donde a natureza além de suporte, faz parte da criação artística.O termo “land art”, se traduzido, corresponde a “arte da terra” tendo como principal característica a utilização de recursos provenientes da própria natureza para o desenvolvimento do produto artístico.

As principais características da land art são:

  • Utilização de recursos naturais
  • Fusão da Arte com a Natureza
  • A Natureza (espaço exterior) é o meio do suporte artístico
  • Efemeridade da arte (desgastada com o tempo desde chuva, neve, erosão)
  • Critica a indústria cultural e a comercialização da arte
  • Crítica a industrialização e racionalidade formal
  • Oposição à arte apresentada nos museus

 

World tree a branching river etched into

O World Tree tem chão como uma rede de raízes ou ramos de árvores, a peça mede cerca de 32 pés (10m) de diâmetro e tem a perfeição estranha de uma renderização digital,embora seja certamente uma obra de arte física.

Andrew Rogers

O escultor montou o maior projeto de Land Art do mundo com a exibição de Rhythms of Life, um projeto com 48 obras de pedra maciça que envolveu mais de 6.700 pessoas em 13 países diferentes. O animal acima, de 80 m de comprimento e 3 m de altura, foi erguido no meio do deserto do Atacama, no Chile, em 2004.

Andy Goldsworthy é um artista britânico extraordinário e inovador, cujas colaborações com a natureza produzem obras de arte únicas e intensas. Usando uma variedade aparentemente infinita de materiais naturais: neve, gelo, folhas, cascas, rocha, argila, pedras, pétalas de penas, galhos Cria escultura ao ar livre que manifesta, por mais fugaz que seja, um contato simpático com o mundo natural.

World tree a branching river etched into

O World Tree tem chão como uma rede de raízes ou ramos de árvores, a peça mede cerca de 32 pés (10m) de diâmetro e tem a perfeição estranha de uma renderização digital, embora seja certamente uma obra de arte física.

Robert Smithson’s

Lama, pedras e cristais de sal formam um espiral de 460 m de comprimento e 4,5 m de altura no lago de água salgada de Utah, nos Estados Unidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here