Antoinette Frissel Bacon, mais conhecida como Toni Frisselfoi uma fotógrafa americana conhecida principalmente pela sua fotografia de moda e por seus registros da Segunda Guerra Mundial. Nascida em 1907 em Albuquerque, Novo México, Toni Frissel iniciou sua carreira como fotógrafa de moda para a revista Vogue em 1931 e ganhou notoriedade por seus ousados editoriais de moda. Seus ensaios, até mesmo os de vestidos de festa, foram respeitados devido às suas configurações ao ar livre, enfatizando o papel da mulher ativa na sociedade.

Em 1941, Frissell voluntariou-se no departamento de fotografia na Cruz Vermelha Americana, passando pouco depois a trabalhar na Oitava Força Aérea e a tornar-se a fotógrafa oficial do Corpo de Exército Feminino. No lugar tirou centenas de fotografias de enfermeiras, soldados da linha de frente, soldadas mulheres, aeronautas afro-americanos e crianças órfãs.

Viajou à frente europeia duas vezes. Suas fotografias de mulheres militares e de pilotos afro-americanos no esquadrão Tuskegee Arimen foram usadas para incentivar o alistamento de mulheres e afro-americanos no Exército.

De acordo com Frissell, a mudança de sua fotografia da moda para a guerra foi causada pela necessidade, sentida por outras fotógrafas da época, de trocar as páginas dos catálogos de moda para as fotos das páginas principais de notícias chocantes. Quando alistou-se em 1941, declarou: “Tornei-me tão frustrada com a moda que quis provar a mim mesma que podia fazer reportagens reais”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here